20.9.14

Que flexibilidade...!!!!!


Crônica diária

O grande engano

Quero agradecer a três leitores que ontem discordaram da minha crônica " Tucanos preconceituosos".
Martha Lerro Dresbach que tem todo direito de discordar, José Edgard Cunha Bueno que pode continuar "literalmente com prudência", e o Armando Camargo Penteado que disse não aceitar votar na Marina porque é "farinha do mesmo saco". Grande equivoco, meus queridos eleitores tucanos. A origem, e grande parte da militância política da Marina, realmente tem idêntica procedência lulista. Isso só valoriza sua posição. Conhece como ninguém seus adversários e hoje inimigos políticos. Mas o que conta  é quem esta cercando a candidata. Não há petistas. As melhores cabeças da oposição ao PT estão no núcleo duro da campanha da candidata. Economistas insuspeitos como Eduardo Giannette, empresários modernos de todas as áreas, artistas e intelectuais, e até a controvertida herdeira do Banco Itau. São pessoas  que enxergaram a única e derradeira oportunidade de nos livrar, e salvar o Brasil, da praga do corporativismo petista. Não acreditem nas mentiras que a Dilma, Lula e até alguns tucanos, preconceituosos volto a dizer, tem pregado contra a filha de seringueiro. Ser Presidente do Brasil, sem a estrutura partidária montada pelo PT, não dá ao presidente em exercício, condições de causar nenhum estrago ao país. Por mais presidencialista que seja nosso regime, sem o aval do Congresso, o executivo é completamente inofensivo. Aí esta exatamente a grande e única oportunidade a que me referi: estamos tendo a rara opção de eleger uma presidente, com grande autenticidade popular, mas sem um partido ou base parlamentar que lhe  garanta voluntarismos. A Marina será, no poder, aquilo que a oposição ao PT desejar. Caso os tucanos não a apoiem, hipótese que não acredito, o PMDB será o governo, mais uma vez. O PMDB é outra praguinha indesejável, mas infinitamente inferior ao PT. O PT aparelhou este país, conta com mais de 40 000 cargos de confiança em todos os níveis, Ministérios, estatais, e em todas as esferas. Conta com a maioria dos juízes do Supremo. Se deixarmos governar por mais quatro anos, aqueles que não votarem na Marina que assumam as consequências.  Trocar a Dilma por Marina é muito mais do que uma troca de duas mulheres. Vamos trocar uma mentalidade, vamos renovar os conceitos, vamos recolocar o país no rumo do desenvolvimento, e o que mais importa, colocar o PT na oposição. PT na OPOSIÇÃO, se é que me entendem.

Horácio Faldini

Horácio Faldini e outras 647 caricsaturas estão no blog Vítima da Quinta

19.9.14

Salada da Piacaba

Em homenagem à Li, mais uma recente salada, das comidinhas da Piacaba. Aqui e no BLOGOSTO.
Alface crespa, maçã verde fatiada, repolho branco e roxo, com fatias finas de salame. Molho ao gosto.

Crônica diária



Aos tucanos preconceituosos

Tenho assistido o esforço que alguns eleitores do Aécio tem feito, aqui na internet, para ajudarem seu candidato. Meu candidato. Chegam a criar slogans, bolar filmes publicitários, tentar encontros pessoais para aconselhar, propor estratégias. Outros, mais otimistas apostam numa virada. Outros ainda, apesar de céticos, culpam as pesquisas que estariam dolosamente prejudicando o candidato, sem falar nos que acreditam na possibilidade de haver fraude com as urnas eletrônicas. Somados a todos esses eleitores existem os que demonizam a Marina, por ser negra, ter sido alfabetizada aos 18 anos de idade, ter vivido sob seringueiras na floresta, e ter sido durante trinta anos petista. É quase impossível convencer esses eleitores do PSDB que não há menor chance de reversão da campanha do Aécio. Do meu candidato. A Dilma carrega 30% de votos cativos do PT. A Marina amealhou em poucos dias de campanha sólidos 30%, também. Há entre indecisos e nulos 20%. Os magros 19% do Aécio não o levarão para o segundo turno, e se essa hipótese absurda acontecesse, ele perderia por larga diferença de votos para a Dilma. O povo quer mudança. O PSDB não é a mudança que os jovens de junho de 2013 desejam. A Marina representa oposição ao PT, aos velhos hábitos e costumes da política, e esses jovens eleitores votarão como protesto, como desagravo, como desabafo. Sendo assim não há o que pensar. Ou votamos na Marina no segundo turno, ou teremos o PT por mais quatro anos no mínimo. Fica na consciência dos tucanos nos livrarmos do PT. Se isso não acontecer, que não lamentem depois.

Redação

O Varal não publica anedotas, pois para isso há o blog Drops Azul Anis, mas abrimos uma exceção porque esta é muito boa. Agradecemos a amiga Cristina Rolim.

A professora chega para a turma e diz:
 - Vocês têm duas horas para fazer uma redação, e quem terminar pode ir pra casa.
A redação deverá cobrir cinco temas:
 1º. Sexo
 2º. Política
 3º. Religião
 4º. Mistério
 5°. Coragem
 - Podem começar...

 Joãozinho, como sempre, foi o primeiro a entregar (em menos de 1 minuto!!!)
 Sua redação dizia:

 
"Comeram a Marina Silva. Meu Deus !!! Quem foi???"

Comentários que valem um post



Blogger Li Ferreira Nhan disse...
Vou confessar, gostava mais quando as "Comidinhas da Piacaba" eram postadas aqui no Varal. Gosto de vê-las aqui!

Lembro Edu, quando vc resolveu criar um blog só prá elas. Alguém comentou que não era legal misturar post de receitas aqui no Varal, sei lá, algum absurdo assim.
Você logo criou o outro blog e confinou as delícias da Piacaba pra lá.

Ah, quem comentou foi alguma "nuvem" ; apareceu e desapareceu.
Bjs

quinta-feira, 18 de setembro de 2014 01:10:00 BRT
***************************************************************
  Jorge Pinheiro deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Crônica diária":

Eu gosto delas todas. No quarto, na cozinha, no toilette. Loiras, pretas e morenas. Por trás, pela frente e mesmo de lado. Fracamente não sou esquisito. A inteligência é obviamente indispensável. Senão não é mulher, é bicho.

Postado por Jorge Pinheiro no blog . em quinta-feira, 18 de setembro de 2014 00:10:00 BRT 
************************************************************************** 

  Li Ferreira Nhan deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Crônica diária":

Parece que precisamos ter "mil dedos" pra tratar disso ou daquilo; que porre!

Existe uma diferença entre ser politicamente correto e ser um chato/a, patrulheiro/a e sem senso de humor.
Tá mesmo uma canseira essa hipocrisia reinante!

Ai que preguiça dessas pessoas…

Postado por Li Ferreira Nhan no blog . em quinta-feira, 18 de setembro de 2014 00:58:00 BRT 
************************************************************************** 
 Cesar Giobbi Também não tenho nada contra mulheres com qualquer cor de cabelo. Minhas melhores amigas são mulheres. Hoje, devo dizer, viraram todas loiras. Ou quase todas. Mas há coisas que são pensadas e feitas para mulheres, que não me interessam. Por exemplo: praticamente toda a programação do GNT. Não vejo mais. Zap
***************************************************************

 Eduardo Penteado Lunardelli Henrique B. Larroudé, tem gente que faz sucesso em vida, e morrem no auge da fama ( Paulo Francis). Outros depois de mortos, como é o caso do Nelson Rodrigues. Viver além da conta, não faz bem nem para o "vivo" nem para sua biografia.
**************************************** 
 Jacinto Gomes DE Arnaldo Jabor, além de algumas crónicas que conheço dele sempre muito bem humoradas, lembro-me de um filme que ele realizou e que foi o único, que eu saiba, que passou por cá: Toda a Nudez Será Castigada, baseado na obra de Nelson Rodrigues. Depois da sua crónica, fiz uma pequena investigação. E achei este texto incluído numa crónica de nome Seja um Idiota: "A idiotice é vital para a felicidade.
Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins." Não é delicioso?

******************************************************** 
Excluir

André Lunardelli


André Lunardelli e outras 656 caricaturas podem ser vistas no blog Vítima da Quinta

Rui Silvares CONVIDA


18.9.14

Comidinhas da PIACABA

Tenho um blog chamado BLOGOSTO onde posto fotos das comidinhas da PIACABA ou de restaurantes onde como. Visitem! Nesta imagem uma saladinha com alface americana e roxa, palmito e cenoura  crua ralada. No pratinho ao lado uma empadinha de frango.

Crônica diária

Foi uma jornalista que me informou que o Arnaldo Jabor seria o entrevistado da Roda Viva da TV Cultura. Esse programa já teve seus dias de fama e de boa audiência. Hoje não tenho informações, mas como eu, muita gente não o vê, com regularidade. Fiz um esforço para me manter acordado até as 22,00 horas e assisti ao vivo. Primeira e terrível constatação: Jabor esta um velhinho, surdo e muito esquecido. Não foi uma entrevista como costumavam fazer no Roda Viva. Foi uma homenagem carinhosa, de pessoas absolutamente desconhecidas, na maioria mulheres, fascinadas pelo entrevistado. O apresentador, jornalista Augusto Nunes, amigo e admirador do Jabor, tentou a todo tempo salva-lo dos lapsos auditivos e de memória. Uma triste cena. Ele que se propôs tornar-se o sucessor do Nelson Rodrigues ( grande frasista) e do Paulo Francis (polêmico) deixou a desejar. O ponto alto da entrevista foi quando perguntado como se sentia quando tinha textos, circulando, como seus, respondeu: " Fulo da vida". E contou um caso divertido, quando um desses textos, cuja autoria tinha sido uma jornalista da Revista Claudia, e "ele" dizia na matéria, adorar mulheres com bunda mole, peitos flácidos e estrias nas coxas. Tomando um café num bar do Rio, foi assediado por uma senhora que foi direta: " Jabor eu tenho bunda mole".

Comentários que valem um post

Jacinto Gomes Erro meu, tenho o péssimo hábito de normalmente não ler os comentários anteriores ao meu. Portanto, não vi o desabafo da senhora que "não curte misoginia". Eu também não. Entre os meus melhores amigos, são mulheres a sua grande maioria, género de quem gosto muito e sempre gostei. Quando falei em "literatura pink", que mereceu o comentário bem humorado do Cássio Penteado, foi apenas uma gracinha. E foi com esse espírito que li a resposta do Cássio. Contudo, dizer que há um tipo de literatura para mulheres é inegável. É extensa a lista. E se alguém se sente beliscado por se dizer isso, há uns ditados portugueses muito adequados: "Quem se pica, alhos mordisca" ou ""A carapuça é para quem a enfia".
************************************************************

Guaracy Mirgalowska

Guaracy, minha querida amiga, e outras 646 caricaturas podem ser vistas no blog Vítima da Quinta (vtmadaquinta.blogspot.com.br)

17.9.14

Myra Landau


Myra Landau

Crônica diária



A que ponto chegamos

Cássio Penteado, leitor destas crônicas, alertou num comentário, dois dias atrás, o amigo e também leitor lisboeta, Jacinto Gomes, que deveria se acautelar quando fizesse algum comentário, se referindo ao gênero feminino, em razão de que a maioria dos meus leitores é desse sexo. Quanto ao fato em si, graças a deus, adoro mulheres. Mas o debate se travava porque uma leitora havia dito: "Não curto misoginia". Como sabem "misoginia" quer dizer:"( do grego, miso odio gine feminino) é a aversão a tudo que é ligado ao feminino e às mulheres." Mas logo eu que adoro as mulheres??? Fiquei chateado porque a leitora que me qualificou como "misógino" é uma estrela na constelação dos meus amigos virtuais, e não nuvem passageira. Mas pode cometer esse grave equivoco. Por conta de que?  Da hipocrisia reinante. Não se pode mais fazer nenhuma referência ao sexo feminino sem que alguém veja nesse fato uma discriminação, uma agressão, ou assédio sexual. Só falta mesmo eliminarem os sanitários femininos, e juntarem os dois. Não pode mais haver livros e literatura feminina, ou que pelos temas ou formas tratadas, agradem mais às mulheres. Por exemplo, a trilogia "Os 50 tons de cinza" não poderiam mais ser só lido pelas mulheres, como de fato foram majoritariamente, e nós homens teríamos que engolir aquela xaropada pseudo erótica. Lastimo constatar a que ponto chegamos. Felizes são meus parentes venezianos, que ainda hoje, mantém as esposas na cozinha, enquanto comemoram, à mesa, com os maridos, datas festivas. Para finalizar reitero que  não sou misógino, mas prefiro as morenas e inteligentes. Chega de loirisse.

Comentários que valem um post



João Menéres deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Crônica diária":

Permita-me que destaque e realce :
E para isso, nada melhor do que a prata da casa. Os melhores e maiores combatentes do comunismo, foram comunistas na juventude.

Postado por João Menéres no blog . em terça-feira, 16 de setembro de 2014 09:12:00 BRT 
******************************************************************* 
 
Claudino Nobrega As conclusões apressadas são expontaneas e tem seu valor dinamico, original. A velocidade, o excesso, a falta de chão e de veracidade nos faz desenvolver a intuição....São jogos sociais onde as mascaras caem e vc pode ver quem é quem. é claro que tem pessoas que pensam e elaboram em função de um inventário pessoal, uma forma classica de atuar, aí é gostoso tambem, existem pessoas extraordinárias, apaixonantes, que trazem chão, consciencia. O prazer do uso da ferramenta FACEBBOK, pra mim, esta entre o senso e o "non sense" que só as redes sociais podem proporcionar. Isso instiga minha imaginação. E eu, particularmente, prefiro "imaginar" do que "ficar sabendo...". "Saber é um horror", lembrando o principe dos poetas,Guilherme de Almeida. Aqui passeio e, sem julgar, observo, interajo. Meus amigos são diversos, as vezes surpreendentes, cada um com sua crença, descrença, sua religião, suas convicções politicas. Pra mim esta tudo certo!
****************************************************************

Rosangela Mattos


Só porque você disse gostar mais dos meus textos...
Rosangela Mattos e outras 645 caricaturas podem ser vistas no blog Vítima da Quinta (vtmadaquinta.blogspot.com.br)

16.9.14

Pão e vinho

O vinho não era grande coisa, mas o pão feito em casa, perfeito para comer com fondue de queijo. Nunca bebo só. Mas a noite estava fria, e o fondue ia vencer o prazo de validade...

Crônica diária

 Informação demais

A internet esta causando um fenômeno no mínimo novo e curioso. Há informação em demasia. Como assim? Todo mundo, indiscriminadamente tem acesso fácil, superficial e instantâneo a todo tipo de informação. Seja ela política, esportiva, científica, e assim por diante. Quem passa essas informações, são muitas vezes, pessoas sem o devido preparo. Leigos no assunto, ou quando muito curiosos na matéria. Há, claro, uma quantidade enorme de informações sérias e procedentes. Mas quem lê tudo o que circula pela internet, e é uma variedade e quantidade de informações gigantesca, não tem tempo nem capacidade intelectual, maturidade, e experiência, para depreender e tirar conclusões verdadeiras e consequentes. Separar o joio do trigo, e com o trigo fazer um pão. Qualquer bobagem graça com velocidade espantosa. Criam-se boatos que circulam como verdades absolutas, e como toda mentira de tanto ser repetida, toma ares de verdade. No campo político, fica patente que, por falta de conhecimento, as pessoas tiram suas conclusões apressadamente. Elas não tem condições de digerir,  e concluir por si sós. Entram na onda. Petista vota no PT, porque é seu partido. Como torcedor de um time de futebol. Por mais que o jogador estivesse impedido, colocado a mão na bola, ou cometido a maior das faltas, se chutar a gol e marcar, esta valendo. E se o juiz apitar a falta, haverá pressão dos jogadores e da torcida. O erro é sempre do outro. Acontece que futebol não é política, e partido político não é time de futebol. Partidários do PSDB relutam em votar na Marina, num segundo turno, por puro pré conceito. Ter sido petista durante 30 anos não quer dizer muito. Pelo contrário, ela conhece e sabe, como poucos, como funcionam  as coisas por lá. Vai se eleger com a bandeira de mudar a política. De mudar tudo que o PT representa. E para isso, nada melhor do que a prata da casa. Os melhores e maiores combatentes do comunismo, foram comunistas na juventude. E a história esta cheia desses exemplos. Mas é muita informação, para muita gente, que não tem como lidar com ela. São, eu diria, pessoas com informação sem funcionalidade. Como os alfabetizados funcionais. Leem, mas não conseguem entender o que leram.

Dilma

Dilma 2012 e Dilma 2014, e outras 654 caricaturas estão no blog VÍTIMA DA QUINTA

15.9.14

Velha e decantada lua



As seis da tarde uma esplendorosa LUA sobre a lagoa de Ibiraquera. Setembro, 2014

Crônica diária



"O pintassilgo" e Vladimir Nabokov

Como fiquei devendo um comentário final, conclusivo para o meu leitor Fernando Cals, volto ao livro "O Pintassilgo" que, por incrível que possa parecer, acabei de ler. E fui até o final. A duras penas, é verdade. Mas meu médico me receitou fisioterapia para manter (uma vez que na minha idade ganhar é muito difícil) massa muscular. Estou, sem dúvida, com os  bicips mais firmes. Quando ao texto ficou aquela impressão de filminho de TV. Distrai mas não acrescenta nada. No meu caso tomou meu precioso tempo em vão. Com tanta coisa importante para ler, perdendo meu tempo com leitura feminina. Por que feminina? Porque o Cassio Penteado disse que sua mulher estava lendo. A Cris Rolim ia começar a leitura. Milena Galvão a mesma coisa.  Best-sellers, em geral, é leitura para mulher. A Guaracy Mirgalowska me sugeriu Outlander da Diana Gabaldon. Na mesma linha de aventura e mistério. Mas já comecei a ler "Contos Reunidos" do Vladimir Nabokov com 100 páginas a mais do que o tijolaço da Donna Tartt. Em fisioterapia devesse sempre ir aumentando a carga. Não há nenhuma comparação entre Donna e Nabokov, a não ser a nacionalidade dos personagens do "O Pintassilgo" e a do autor de "Lolita", a que já me referi em crônicas passadas. E para concluir minha minha tímida e desanimada resenha do romance de Donna Tartt, endosso as palavras do meu leitor e amigo Jacinto Gomes "Também fui levado pelo prestígio do premio, pela exposição maciça do livro e da capa atraente. Uma desilusão. A obra começa por uma história interessante que gradualmente se vai tornando num exagero de detalhes narrativos que a torna entediante. O romance poderia ser 200 ou 300 páginas, mais curto, e só ganharia com isso. Já o arrumei na prateleira dos livros não lidos, e o eu que queria mesmo, era o meu dinheiro de volta." A única diferença é que li de cabo a rabo. Mania minha. Nunca saí do cinema no meio de um filme, por pior que fosse. Nunca deixei um livro no meio, às vezes por raiva. Fico sempre na esperança de que a "coisa" vai melhorar.

Oprah Winfrey

Oprah Winfrey e outras 643 caricaturas estão no blog VÍTIMA DA QUINTA

Comentários que valem um post

Li Ferreira Nhan deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Crônica díaria":

A campanha do PSDB é só tiro no pé!

Hoje assisti um vídeo (1998) do debate do Mario Covas e Maluf. O Covas está ótimo!
É visível como o PSDB perdeu o rumo na cimunicação com o povo.
O Aécio deveria assistir antes de fazer qualquer discurso, sempre! Aí, quem sabe ele aprenderia um pouquinho.

E claro, tb vou de Serra; de uns tempos pra cá, a mim, só resta o voto útil.

Postado por Li Ferreira Nhan no blog . em domingo, 14 de setembro de 2014 02:13:00 BRT 

***************************************************************************** 

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )